RS terá aumento no número de leitos de UTI pelo SUS em 20 cidades

O repasse federal de R$ 213 milhões para a saúde do Rio Grande do Sul permitirá a abertura de 258 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A informação foi confirmada pela secretária estadual da Saúde, Arita Bergman. A verba da União foi anunciada pelo ministro Luiz Henrique Mandetta nesta quinta-feira (5), durante encontro do Mercosul na serra gaúcha.

— Praticamente todas as UTIs do Estado foram habilitadas pelo Ministério da Saúde, muitas delas que eram financiadas com recursos do Tesouro estadual. Assim, a população gaúcha será contemplada com mais leitos de UTI — comemora Arita.

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SES), os novos leitos serão abertos em 20 municípios. O nome das cidades, porém, ainda não foi divulgado. Do montante da União, R$ 80 milhões serão destinados para a rede de urgência e emergência. Para Arita, a confirmação dos recursos era muito aguardada pelo Palácio Piratini.

— É o pleito de maior relevância na área da saúde desde que o governo de Eduardo Leite assumiu — ressalta.

Além dos leitos de UTI e reforço na atenção primária, os recursos também contemplam serviços de reabilitação e leitos de cuidados prolongados. Pacientes que fazem tratamento oncológico também serão beneficiados com a compra de um acelerador linear para realização de radioterapia.

*Por GaúchaZH/Francine Silva