Pente-fino cancela 5,2 mil cartões do SUS em Santa Cruz do Sul

A Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Sul cancelou 5.224 Cartões SUS após a realização de um pente-fino para a atualização dos documentos. Ao todo, 8 mil usuários dos serviços da rede receberam a convocação no começo do ano para fazer o recadastramento. Até mesmo um mutirão ocorreu em horários alternativos para facilitar os atendimentos à população no período. Mas do montante chamado, 5,7 mil pessoas não compareceram à força-tarefa.

Mesmo com a ampliação do período para a atualização até julho, apenas outras 500 pessoas fizeram o recadastramento. Diante disso, os usuários dos 5,2 mil Cartões SUS que foram desativados não têm mais acesso a procedimentos eletivos, como consultas, cirurgias e exames. Apenas o atendimento de urgência e emergência será mantido. Os nomes dessas pessoas constam em duas listas, no site da Prefeitura. Para voltar a ter acesso aos demais serviços da saúde, haverá a necessidade de fazer um novo Cartão SUS.

O objetivo do recadastramento foi fazer um pente-fino nos documentos, pois o número de cartões ativos era de 151,4 mil, enquanto a população do município é de 129 mil habitantes. “É preciso fazer um controle efetivo do Cartão SUS porque, assim, garantimos mais qualidade ao serviço prestado aos moradores de Santa Cruz do Sul”, afirma o secretário de saúde, Régis de Oliveira Júnior. Até agora, foram constatadas 12 fraudes, encaminhadas ao Ministério Público. Contudo, o número tende a ser maior, pois as visitas para confirmação de dados ainda estão em andamento.

A Secretaria de Saúde prepara agora a segunda fase do recadastramento, prevista para novembro, quando 20 mil pessoas serão chamadas. No entanto, o trabalho abrangerá um novo grupo de usuários. As pessoas que já foram chamadas, não fizeram a atualização e tiveram o documento cancelado.

Fonte: Correio do Povo