Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Com novas confirmações, RS alcança 59 casos de sarampo em quatro meses

Com novas confirmações, RS alcança 59 casos de sarampo em quatro meses

O Rio Grande do Sul registrou mais três casos de sarampo nas últimas semanas. O balanço publicado na última sexta-feira (3) contabilizou mais dois pacientes infectados em Porto Alegre e um em Santo Antônio da Patrulha, elevando para 59 o número de casos em 2019 — o levantamento leva em conta o número de registros até o dia 28 de dezembro.

Os primeiros pacientes com sarampo em 2019 no Estado foram diagnosticados na primeira quinzena de setembro — o que significa que todos os 59 casos foram registrados em quatro meses. O número supera o total de 2018, quando foram contabilizados 47 infectados. O balanço do ano de 2019 ainda não pode ser considerado fechado porque há casos sendo investigados.

Os três novos pacientes que contraíram a doença são adultos. Os moradores de Porto Alegre, de 25 e 29 anos, não tinham se vacinado contra a doença — um deles tinha viajado para São Paulo, onde o número de casos passa de 14 mil. O morador de Santo Antônio da Patrulha, de 27 anos, também havia viajado para São Paulo sem imunização.

Do total de casos confirmados em 2019, 70% dos pacientes não haviam se vacinado ou estavam com o esquema de vacinação incompleto. Trinta e três doentes têm entre 15 e 29 anos de idade, e 14 têm menos de um ano.

A Secretaria Estadual de Saúde alerta que o sarampo é altamente contagioso e pode ser contraído facilmente em qualquer época do ano. Assim, o sinal de alerta permanece no Rio Grande do Sul, também devido ao alto número de casos no Brasil.

No país, foram confirmados 15,9 mil casos em 23 unidades da federação, sendo que cerca de 90% estão concentrados em São Paulo. Foram registradas 15 mortes, sendo 14 no mesmo Estado e uma em Pernambuco.

Vacinação

vacina contra o sarampo é disponibilizada gratuitamente na rede pública para pessoas entre seis meses e 49 anos de idade. Profissionais de saúde de todas as idades também podem se vacinar.

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. Qualquer indivíduo que apresentar febre e manchas no corpo, acompanhado de tosse, coriza ou conjuntivite deve procurar os serviços de saúde para a investigação, principalmente aqueles que estiveram nos 30 dias anteriores em viagem a locais com circulação do vírus.

Cidades com casos confirmados

Porto Alegre (18)
Cachoeirinha (16)
Gravataí (14)
Dois Irmãos (01)
Ijuí (02)
Alvorada (02)
Canoas (02)
Tramandaí (03)
Santo Antônio da Patrulha (01)

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado

CONSAUDE 2020 - ADQUIRA SEU INGRESSO  
SAIBA MAIS