Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Negociação de valores atrasados com poderes poderá injetar R$ 14 milhões no IPE-Saúde

Negociação de valores atrasados com poderes poderá injetar R$ 14 milhões no IPE-Saúde

IPE-Saúde está próximo de concluir uma negociação que poderá dar um pequeno fôlego financeiro à instituição. O Instituto busca um acordo referente à cobrança de valores devidos por Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e Defensoria Pública do Estado. Com os depósitos, que devem ocorrer ainda neste ano, vão entrar cerca de R$ 14 milhões nos cofres do IPE-Saúde.

O passivo é referente a contribuições patronais mensais não realizadas pelos poderes e órgãos entre abril de 2018 e setembro desde ano. Esses valores estão longe de quitar tudo o que o IPE-Saúde tem a receber dos poderes, mas deverá ajudar nos pagamentos de médicos, hospitais e outros serviços que atendem os segurados do IPE-Saúde.

Ao mês, por exemplo, somente a Santa Casa de Porto Alegre recebe do Instituto cerca de R$ 15 milhões. Em relação ao Executivo, os atrasados nesse mesmo período chegam a R$ 70 milhões. Os três poderes têm valores em atraso com o Instituto anteriores a abril de 2018. A negociação desses valores, entretanto, ocorre em paralelo. Reportagem de GaúchaZH publicada em julho revelou um passivo total de R$ 637,7 milhões. O IPE-Saúde é responsável por garantir atendimento médico e hospitalar a quase 10% da população do Rio Grande do Sul.

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado