Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Sobe para 67 o número de mortes por gripe no Rio Grande do Sul em 2018

Aumentou para 67 o número de mortes por gripe no Rio Grande do Sul em 2018, conforme balanço divulgado nesta segunda-feira (20) pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde. São quatro casos a mais na comparação com o boletim da semana passada.

Foram 47 óbitos por H1N1, 10 por H3N2, cinco por influenza A não subtipado e cinco por influenza B. Conforme a Secretaria Estadual da Saúde, 41% das vítimas que morreram tinham mais de 60 anos de idade. Outros 28% tinham doenças cardiovasculares.

As cidades que registraram as mortes são Alvorada, Antônio Prado, Araricá, Bagé, Balneário Pinhal, Cachoeira do Sul, Cachoeirinha, Canela, Canoas, Carazinho, Caxias do Sul, Charqueadas, Farroupilha, Flores da Cunha, Gramado, Gravataí, Guaíba, Imbé, Lajeado, Novo Hamburgo, Nova Petrópolis, Parobé, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Porto Alegre, Roca Sales, São Jerônimo, São Leopoldo, São Marcos, Sapiranga, Taquara, Terra de Areia, Teutônia, Tramandaí, Tupanciretã, Vera Cruz e Viamão.

No total, 506 casos oficiais de influenza foram confirmados no RS, sendo a maioria em crianças menores de 10 anos e em adultos com mais de 50 anos.

Em Porto Alegre, Canoas, Alvorada e Gravataí, estão 40% das confirmações. Caxias do Sul está com 11,8% e Passo Fundo com 4,3% de positividade para o vírus, de acordo com o relatório.

O número de mortes já é bem superior aos registrado no ano passado. Em todo 2017, foram confirmados 48 óbitos por gripe no Estado. Um novo balanço será divulgado na próxima semana pela Secretaria Estadual da Saúde.

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado