Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Situação dos Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul e a dívida do Governo do Estado

Situação dos Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul e a dívida do Governo do Estado

Até hoje (20 de novembro), o Governo do Estado do Rio Grande do Sul não informou à rede de 269 Santas Casas e Hospitais Filantrópicos sobre um cronograma de pagamentos de recursos atrasados desde o mês de agosto de 2018.

O montante de R$ 187,5 milhões em aberto está prejudicando o funcionamento das instituições e já atinge a população. Entre alguns exemplos de Hospitais que interromperam serviços, estão Casas de Saúde dos municípios de Canoas, Montenegro, Camaquã, Cruz Alta, Lagoa Vermelha, entre outros.

Pesquisa da Federação das Santas Casas indica que, se não houver o pagamento deste montante, 81% das instituições não terá condições de cumprir com o 13º dos funcionários. 38% dos hospitais já estão com salários atrasados e 14% operam com restrições de atendimentos.

Fonte: Federação das Santas Casas do RS

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado