Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Santa Casa de Pelotas fecha 19 leitos da maternidade

Em crise financeira, a Santa Casa de Misericórdia de Pelotas anunciou nesta semana o fechamento temporário de 19 leitos na maternidade e de 14 em outras alas do Sistema Único de Saúde (SUS).  O hospital acumula dívidas com fornecedores e está parcelando a folha de pagamento dos funcionários. Os repasses do governo estadual estão atrasados desde o fim do ano passado, e não existe uma previsão de serem colocados em dia.

Na tentativa de buscar uma solução para a crise, o provedor da Santa Casa, Lauro Melo, foi até Brasília viabilizar uma possível verba complementar. Naterça-feira (7) ele se encontrou com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, e expôs situação do hospital. A reunião desta quarta-feira será com representantes da Caixa Econômica Federal.

O Estado repassa mensalmente R$ 338 mil em incentivos a instituição. Desde o fim de 2017, ocorrem atrasos no pagamento, segundo a instituição. A reportagem entrou em contato com a assessoria da Secretaria Estadual da Saúde e aguarda retorno.

O déficit do hospital ultrapassa R$ 1 milhão. Além disso, os 1.030 funcionários estão com seus salários parcelados.

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado