Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Mortes por gripe no RS: 2018 já registra 15 a mais do que em 2017

Mortes por gripe no RS: 2018 já registra 15 a mais do que em 2017

Subiu para 63 o número de mortes por gripe no Rio Grande do Sul em 2018, segundo o último relatório do Centro Estadual de Vigilância em Saúde divulgado nesta segunda-feira (13). São mais nove óbitos registrados em relação ao que foi divulgado no último boletim.

Se comparado com todo o ano passado, os números mostram que houve aumento de 31%. Em 2017, foram 48 mortes entre janeiro e dezembro.

Os dados deste ano apontam que ocorreram 45 óbitos por H1N1, oito por H3N2, cinco por influenza A não subtipado e cinco por influenza B.

Em relação às mortes, 76,2% das vítimas apresentavam pelo menos um fator de risco: 42,9% eram idosos e outros 28% tinham doenças cardiovasculares.

As mortes ocorreram em Alvorada, Antônio Prado, Araricá, Bagé, Balneário Pinhal, Cachoeira do Sul, Cachoeirinha, Canela, Canoas, Carazinho, Caxias do Sul, Charqueadas, Farroupilha, Flores da Cunha, Gramado, Gravataí, Guaíba, Imbé, Lajeado, Novo Hamburgo, Nova Petrópolis, Parobé, Passo Fundo, Porto Alegre, Roca Sales, São Jerônimo, São Leopoldo, São Marcos, Sapiranga, Taquara, Terra de Areia, Tramandaí, Tupanciretã, Vera Cruz e Viamão.

Ao todo, 484 casos de gripe foram confirmados no RS, sendo a maioria em crianças menores de 10 anos e em adultos com mais de 50 anos.

Em Porto Alegre, Canoas, Alvorada e Gravataí, estão 40% das confirmações.  Caxias do Sul está com 11,8% e Passo Fundo com 4,3% de positividade para o vírus, de acordo com o relatório.

Uma nova atualização será divulgada na próxima semana.

Fonte: Gaucha ZH

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado