Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Mortes por gripe no Estado já passam o total registrado em 2017

Mortes por gripe no Estado já passam o total registrado em 2017

Subiu para 54 o número de mortes causadas pela gripe no Rio Grande do Sul neste ano. Segundo o último balanço divulgado pela Secretária Estadual da Saúde (SES), foram 10 novos óbitos relacionados aos variados tipos de vírus Influenza, até o último sábado (4). São 46 novos casos notificados. Por Influenza H1N1, a chamada gripe A, são 38 óbitos. Pelo Influenza H3N2, são sete.

 Até o momento, os casos confirmados de influenza ocorreram em 90 municípios. Porto Alegre, Canoas, Alvorada e Gravataí concentram 41% dos casos. Caxias do Sul tem 11,6%, e Passo Fundo, 4,9%.

 O número de mortes já é maior do que o registrado durante todo o ano de 2017, quando houve 48 casos de mortes por gripe (sendo que nenhuma foi por Influenza H1N1. 

Segundo o boletim epidemiológico apresentado pela SES, a previsão para 2018 era de que se repetisse o predomínio do vírus Influenza H3N2, seguido do vírus Influenza B, como ocorreu na América do Norte. No entanto, no Brasil, a predominância atual é do vírus Influenza H1N1 e, atualmente, no RS, a frequência de H1N1 ultrapassou a da H3N2.

Internações e mortes por Influenza no RS

2017: 440 casos e 48 mortes
2016: 1.380 casos e 212 mortes
2015: 89 casos e 9 mortes
2014: 189 casos e 25 mortes
2013: 564 casos e 74 mortes
2009: 3.572 casos e 298 mortes

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado