Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Ministério da Saúde quer extinguir Mais Médicos para criar novo programa

Ministério da Saúde quer extinguir Mais Médicos para criar novo programa

Mais Médicos pode deixar de existir no governo de Jair Bolsonaro. No lugar, o Ministério da Saúde está elaborando um novo programa. A informação é do secretário-executivo da pasta, João Gabbardo dos Reis. Em entrevista à Rádio Gaúcha nesta sexta-feira (31), Gabbardo detalhou que uma medida provisória (MP) sobre o tema deve ser encaminhada ao Congresso ainda neste semestre.

— Teremos uma transição gradual entre o programa atual e o novo. Os profissionais selecionados pelos últimos editais do Mais Médicos serão mantidos durante a vigência do contrato, podendo ainda ser renovado pelo mesmo período — garante Gabbardo, que está como ministro interino da Saúde durante viagem do titular da pasta, Luiz Henrique Mandetta, ao Exterior.

onforme o ex-secretário de Saúde do Rio Grande do Sul no governo de José Ivo Sartori, o Mais Médicos virou uma bandeira política e precisa ser repensado.

— No novo programa, as cidades contempladas serão as que têm baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), alta vulnerabilidade e difícil acesso — detalha.

Com isso, os municípios com IDH mais alto serão incentivados a estender o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde com médicos próprios. A contrapartida será o repasse maior de verba por parte do governo federal.

A MP deve ser encaminhada ainda no mês de junho, mas precisa ser analisada pelos deputados e senadores.

— Não temos como prever um prazo para a implantação do novo programa, pois depende do rito do Congresso — observa.

Ouça a entrevista de Gabbardo a Rádio Gaúcha:

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado