Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Funcionários do Hospital Centenário fazem ato contra atraso nos salários

Funcionários do Hospital Centenário fazem ato contra atraso nos salários

A manhã desta quinta-feira foi marcada por mais atos de manifestação dos profissionais do Hospital Centenário, de São Leopoldo. Os médicos e enfermeiros vêm realizando ações há mais de uma semana por conta do parcelamento dos salários. O protesto de hoje ocorreu em frente à instituição, das 10h às 11h, mas não prejudicou os atendimentos.

Conforme Iamara Ribeiro dos Santos, uma das coordenadoras da mobilização, além dos atrasos dos salários, o 13º salário do ano passado ainda não foi quitado. Tentando encerrar as paralisações, a Prefeitura de São Leopoldo antecipou, na sexta-feira passada, o pagamento das parcelas salariais referentes ao mês de julho, que seriam feitas nesta semana. De acordo com o Executivo, a administração optou por garantir o pagamento integral dos salários.

A prefeitura salienta que diversas ações visando reduzir custos operacionais já foram realizadas, mas afirma que o município sofre com folhas de pagamento quitadas em 2017, resultantes de atrasos salariais herdados do governo anterior, além do impacto das medidas de congelamento de recursos por parte do governo federal e do atraso de repasses do governo estadual ao Hospital Centenário. Mais atos estão previstos para ocorrer durante a tarde.

Após uma reunião de negociação, durante a tarde desta quinta-feira, foi instalada a Mesa Permanente com Trabalhadores da Fundação Hospital Centenário (MPT/FHCSL), visando ser um espaço de democratização das decisões sobre a gestão do trabalho na instituição. O grupo é composto por oito representantes da gestão municipal e oito dos sindicatos, com legitimidade para representar as categorias profissionais de maior representatividade na instituição. O próximo encontro está previsto para 13 de setembro.

Fonte: Correio do Povo

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado