Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Funcionários de hospital de Sapucaia do Sul podem parar

Funcionários de hospital de Sapucaia do Sul podem parar

Cerca de 80 profissionais da saúde que atuam no Hospital Getúlio Vargas, em Sapucaia do Sul, participaram de uma assembleia na quarta-feira em razão do não pagamento do 13º salário. O presidente do SindiSaúde do Vale do Sinos, Andrey Rex, diz que os salários estão em dia, mas, com a incerteza dos repasses, a integralização do salário no próximo dia 7 também é incerto. “Essa incerteza tem preocupado os trabalhadores. Caso os salários de novembro não sejam pagos na data esperada, vamos parar os atendimentos no dia 8. Teremos nova assembleia.”

A Fundação Hospital Getúlio Vargas (FHGV) informou, por meio de sua assessoria, que a última competência repassada pelo Estado foi referente ao mês de agosto e que no próximo dia 31 vence a terceira competência, que vai somar R$ 11,7 milhões. Hoje, a dívida do Estado com a Fundação chega a R$ 7,8 milhões. A FHGV ainda informou que está tomando todas as providências, inclusive jurídicas, e somando todos os esforços para efetivar o pagamento do 13º salário aos funcionários do hospital, que somam quase 1 mil trabalhadores.

A Secretaria Estadual da Saúde informou que seguem em aberto valores das competências de setembro e outubro, mas não há previsão de novos repasses.

Fonte: Correio do Povo

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado