Associado, acesse sua conta

conteúdo exclusivo para você.

Exposição dá início às atividades alusivas ao Mês da Prematuridade

Exposição dá início às atividades alusivas ao Mês da Prematuridade

Como estão hoje os Pequenos Valentes do Hospital Santa Cruz (HSC) que contaram suas histórias de superação no primeiro ano do projeto, há cinco anos? A exposição fotográfica Pequenos Valentes – 5 anos depois, aberta na manhã desta segunda-feira, 18, reúne nove crianças que nasceram no ano de 2014 e que precisaram ficar por um período na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) ou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, mostrando como estão atualmente. A iniciativa faz parte das ações que estão sendo desenvolvidas pela Instituição para marcar o Novembro Roxo, que é o mês da Prematuridade, que também inclui palestra e oficina.

O objetivo da exposição é mostrar que as crianças fotografadas em 2014, primeiro ano do projeto, hoje estão grandes, fortes e felizes, mesmo tendo nascido tão pequenas. As histórias de superação dos pequenos valentes do HSC estão narradas no site da Instituição e o projeto foi uma iniciativa das equipes da UTI Pediátrica e da UCI. O objetivo é compartilhar as histórias dos bebês com fotos no estilo NewBorn, produzidas pela própria equipe de enfermagem do Hospital. As fotos atuais, que serão expostas com as fotos das crianças quando bebês, foram produzidas pela Delux Foto Studio.

A exposição ficará até 24 de novembro na nova sala de espera da UCI/UTI Neonatal e Pediátrica, no terceiro andar do Hospital, e de 25 de novembro a 1º de dezembro na recepção dos convênios. De 2 a 8 de dezembro, estará no Shopping Santa Cruz.

O Dia Mundial da Prematuridade é celebrado anualmente na data de 17 de novembro e, no dia 20, o HSC terá também uma oficina de Shantala para bebês, oferecida pela Unimed. No dia 22, a enfermeira Andréia Amorim, coordenadora assistencial do serviço materno-infantil do Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre, irá ministrar a palestra Prematuridade – um cuidado, uma causa e vários desafios. Andréia é pós-graduada em enfermagem pediátrica e saúde da criança e mestranda pelo programa de pós-graduação da Unisinos, além de professora titular dos cursos de enfermagem obstétrica e enfermagem neonatal com formação em dinâmica de grupos e em análise transacional-organizacional e especialização em gestão de serviços de enfermagem.

Fonte Assessoria de Imprensa Hospital Santa Cruz

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado